Wednesday, September 3, 2008

Nome Próprio




“Eu quero o seu amor, mas não quero emprestado, ter hoje e devolver amanhã”
Clarah Averbuck





Clarah é a criadora do livro "Máquina de Pinball", q por sua vez inspirou o filme "Nome Próprio"...q ainda está nos cinemas e eu suuuuuuuper q recomendo hein chuchus!!!


Nome Próprio não é um filme desses q vai agradar à gregos e troianos, mas é interessante pela linguagem, pela poesia e principalmente pela edição.

Pessoas jovens e q tem blogs (helloooo, a gente!!) ou simplesmente amam a internet tendem a apreciar a obra mais do q os cinquentões ou avessos à world wide web.

Por muitas vezes eu quis ser como Camila..eu já fui Camila até..quis ser assim rebelde, cabelo curto e escuro...saias estranhas e produção meio pin-up....bebendo vodka em bares meio sujos..mas nunca sozinha..tenho pavor de gente bebendo sozinha em bar..acho o início do fim!

A poesia eu já deixei pra trás faz tempo..eu tive um fotolog onde as fotos eram embaladas por pretensas poesias intensas e cheias de sexualidade...ainda bem q a gente cresce né?!

;-)



See ya!

6 comments:

Aline T.H. said...

Tou doida pra assistir, chuchu. A Clarah foi uma das primeiras que li =)

Beijocas!

SEVEN DAYS!! \o/

lolo said...

LOUCA PARA VER!! Eu fui numa balada que era o lançamento desse filme em SP, suuuper legal

Ana Medeiros said...

Ai, eu quero assitir, irei chamar o bay para um cineminha básico!

Beijos

Ana Medeiros said...

correção...o BOY*

Drica Menezes said...

ahhh eu adoro a Clarah...já li este livro e adorei...agora fiquei doida pra ver o filme! bjao!

Maíra Brito said...

vc curtiu?? eu gostei mais do livro. sei lá. bobagem minha. adoroa a leandra leal, mas o livro é mais intenso...
":)