Tuesday, October 14, 2008

Vamos Celebrar a Estupidez Humana

Eu preciso berrar sabe?
Eu ando uma pilha de nervos..dando patada em todo mundo, arrumando confusão quando bebo..haha, eu sei..parece engraçado mas não é...meu pavio não anda curto...ele simplesmente inexiste a essa altura.


Hoje na hora do almoço eu tinha q ir no cartório reconhecer firma de um treco pro apê novo ( interessantíssimo não?!). Depois do cartório, q foi impressionantemente rápido, eu fui almoçar num restaurante meio Japonês meio Italiano (????).

Sentadinha lá saboreando a coisa q eu mais amo nesse mundo, Sushi (pun intended), duas mocinhas nem um pouco elegantes ao meu lado criticando uma terceira que presente não estava. Elas clamavam ser absurdo, quase ultrajante a tal fulana gastar R$100 em cada sessão de análise...q aquilo era loucura (alow, ela tá no psicanalista! haha..brincadeirinha..), q com cem reais por semana ela esperaria o mês fechar e se entupiria de roupas e sapatos.
Segundo a mocinha "bem resolvida", problemas se resolvem com um passeio na praia, uma hora de academia por dia ou um bom banhho de compras...

Aquilo foi me angustiando tanto...eu tava quase me intrometendo no assunto..eu estava furiosa com tamanha miudeza da mente humana. Q tipo de pessoa acha q problemas se "resolvem" tão facilmente assim?!
Um Laboutin, uma bolsa Hermès, um dia no Espaço Nirvana...nada disso resolve o caralho dos problemas de ninguém ora pombas!!! Santa ignorância Batman! Essas coisas fazem a gente esquecer por alguns dias, minutos...às vezes apenas por segundos, o tamanho do buraco q existe lá dentro...lá onde ninguém vê.

E q tipo de pessoa acha q baixa auto-estima, problemas de relacionamentos ou traumas emocionais se resolvem com um batonzinho e um salto alto?

Cara...a maioria das pessoas q eu conheço q se importa demais (demais mesmo, excessivamente) com a aparência, é no fundo extremamente infeliz...e se sente um cocôzinho por dentro...por isso precisa atrair os outros pelo seu exterior..pq de perto...bem...sabe aquela história das estátuas gregas? Q elas são belíssimas, perfeitas, milimetricamente feitas para agradar os olhos do espectador? Pois é..mas quem chega bem perto...perto o bastante pra ver as rachaduras e as marcas do tempo, entende que não existe perfeição, não existe ideal...existe apenas uma obra bela..porém imperfeita e danificada pelo tempo.

(putz..tô viajando né? me perdi na minha própria história já...)

Mas enfim...eu acho de uma ignorância sem tamanho pessoas q são contra gastar dinheiro com terapia... Tipo, vc tá com dor de estômago daí compra uma bolsa nova pq isso vai fazer vc se sentir bem, feliz e vai fazer a dor passar? Meu ovo né?!!!
Vc toma um anti-ácido, correto?!

Cada dor tem o seu remédio. Cada cicatriz tem o seu curativo.
Não venha me dizer q vc vai curar o seu medo de escuro fazendo meia hora de spinning!!

Isso me tira do sério.

ODEIO gente pequena não consegue olhar ao redor..q não sai do cubículo q é a sua própria mente.

Grr..raivinha daquelas duas no restaurante.

A raivinha foi tanta q eu comi um mil folhas de doce de leite depois pra relaxar.
;-)

7 comments:

Alexsandra Moreira said...

Hahahahahah

que crise vc teve hein? mt hilária vc falando...

Este termo "meu ovo" já ouvi mts vezes...rsrsrsr

Quanto as meninas... devem ser realmente desprovidas de problemas, não acha?

bj

Elise said...

Ui, será que éramos eu e a comadre???????????????
HAHAHAHAHAHAHAHA

Juts kidding! Eu levo terapia muito à sério, vc sabe! Quatro anos de sessões semanais - o dinheiro mais bem gasto ever!

Agora sobra pra me entupir de roupa ;)

Raw Sugar said...

pq vc não deu uma sushizada na cara dessas duas?

Milena said...

ahhhhh 100% concordo né? Ainda mais eu que descobri a pouco tempo que terapia pode salvar vidas (a dele, não a minha! Rá!).
Mas quer saber? Se ela cura a dor dela fazendo compras... Bom pra ela... Eu quero que as duas minas do restaurante Italo-japonês (????) se fodam!
hahahahahaha!

Vem pra SP encher a cara e arrumar confusão com a gente?? ADORO!!! (com a gente, não "contra" a gente!)

Beijoooooooo

Cinthya Rachel said...

ainda bem que sua raivinha passou com o docinho, rsrs. a minha tb passa com um pote de morango com chantilly

laurald said...

concordo em gênero, número e grau.
Psicanálise sequer é considerado medicina ainda!


muito bem escrito, jojô!!

Renata said...

sério, nada a ver...mas é que cada vez que leio essas coisas que vc escreve, principalmente os desabafos mal humorados, mais gosto de vc!!!
Olha, eu não quero atrapalhar a sua programação, mas ia AMAR se vc puder vir no final de semana do dia 14/15 e sim, prometo que vou te encontrar...vc + Mi + Olly + Cinthy...eba!
beijso