Thursday, January 15, 2009

Casamentos e outras desventuras

Lendo o livro da Martha Medeiros, deparei-me com uma frase q me prendeu a atenção por mais de 10 segundos..uma frase curta e tão real, sincera e verdadeira acima de tudo, segue a transcrição:


"Quem não sabe ficar sozinho não pode casar, sob pena de transformar o matrimônio num presídio para dois."

Agora pare, leia again e me diga se isso não é um achado e tanto? Ao menos pra mim foi..se vc já sabia disso por conta própria..parabéns meu bem!

Falo de pessoas inseguras, dessas que não conseguem ficar duas semanas sem um namorado/a, sem um caso, uma paquera, um flerte...não estou apregoando a santidade e sim o amor-próprio. Tem gente que não consegue ficar sem alguém ao lado pq simplesmente não consegue se suportar, se aturar...é tão cheio de inseguranças, neuroses, culpas, mágoas e sentimentos mal resolvidos q não tolera ficar sozinho/a por mais do que uns dois ou três dias...tem q fazer algo, tem q ligar para alguém, tem q sair à noite e beber até ter coragem de beijar alguém que nunca viu antes e/ou que nunca beijaria em condições não auspiciosas.

Não estou falando de mim, não estou dizendo que ajo assim ou que condeno este comportamento..estou apenas parando, respirando e dando um passo pra trás para avaliar melhor as coisas.

Tem gente que não tolera a felicidade do outro em um relacionamento, tem gente que quer um parceiro triste, traumatizado, frágil..pq só assim se sente forte, capaz, seguro. Isso é triste não é?
Tem gente que não quer que o parceiro/a saia sozinho/a com os amigos pq não consegue consentir que o outro ria, converse, goze de momentos felizes sem que ele/a seja a razão desta alegria, desta felicidade, desta leveza.





Tem gente que não consegue suportar a leveza dos outros... e por consequência, nem mesmo o próprio peso de ser quem é.

9 comments:

Anna Oh! said...

Sim, esse trecho tão curto fala tanto. Demorei relacionamentos e relacionamentos pra perceber isso, ter esse insight! E aí, qdo eu fiquei sozinha por um tempão, mas sozinha mesmo, de aprender a conviver comigo e não precisar usar o convívio com outras pessoas ou a diversão como muleta, aí eu aprendi a andar sozinha... eaí me senti bem pra me relacionar de verdade.
Becitosssss!

Renata R. said...

Martha Medeiros é uma sábia, não é?

Fernanda said...

Eu adoro ficar sozinha. Em todos os sentidos. Não sempre, é claro. Mas eu sinto a necessidade de ficar só por algum tempo. Muito tempo, pouco tempo. Não importa. Mas preciso ficar só comigo mesma. Pensar. Fazer coisas que eu só tenho coragem de fazer sozinha. De deitar no chão e ficar olhando pra cima com a cabeça cheia de pensamentos sobre mim, sobre os outros, sobre o mundo, sobre as coisas. Refletir. Eu não sei fazer isso com alguém por perto. Não tão bem quanto eu faço sozinha.
Estou a 3 meses completamente sozinha, no campo amoroso. E não ligo. Como já disse ficar sozinha pra mim não é o menor problema, mesmo eu gostando tanto dele ... ainda, ainda. Penso nele todo santo dia, mas tudo bem. Isso não me machuca. O que me machuca são as coisas que ele faz. Ou melhor, fazia né.
Não estou falando que sou auto-suficiente. Não, não é isso. Uma andorinha não faz verão (não é assim que diz? ou mais ou menos isso). A gente precisa do outro pra viver ... nem que seja indiretamente. Pq se o cara lá da roça não plantasse as verdura, frutas, legumes ou o cara lá da indústria não fizesse aquelas coisas gostosas eu iria morrer de fome. Se alguém não fizesse roupas maneiras eu iria andar que nem uma mendiga. E assim por diante, pq eu sou uma só pra fazer isso tuuuuuuudo sozinha.
Mas momentos solitários pra mim são essenciais.
Eu não nasci colada com ninguém ...

Carol said...

Ice isso é a mais pura verdade!

Só que vive bem consigo mesma pode viver intensamente e por completo um relacionamento verdadeiro.

Nos meus 25 anos descobri isso sozinha. E foi quando eu desencanei, me aceitei e estava me curtindo que "surgiu" o meu marido na minha vida.


Tem umas coisas muito loucas, que niguém pode explicar...

Ingrith said...

Verdade, um grande achado!

.ana said...

adorooooo a martha!
to sempre lendo e relendo coisas dela [iclusive tenho aqui um deles em mãos, para reler... o "coisas da vida"]...
na zero hora [jornal de porto alegre], ela tem uma coluna ótima tb...
enfim!

e sobre o assunto do post: é triste não saber ficar sozinho. a gente precisa se conhecer e se aturar muito bem antes de ter um relacionamento... senão é estrago na certa! e tb acho lamentável ser inseguro/a, não deixar a pessoa sair sozinha e ter seu próprio espaço para respirar... isso acaba com qualquer relação. acaba mesmo, ninguém suporta ser prisioneiro por mt tempo.
;)

bjks!!!

Bell Bastos said...

É a mais pura verdade.

São as pessoas inseguras que fazem de um relacionamento um verdadeiro inferno, é preciso saber ficar sozinho e a ser idependente pra então poder ter algum relaciomaneto.

______________________

Chuchu, tem um selo pra vocÊ lá no meu blog. =D

Brisa said...

Martha Medeiros, sempre Martha Medeiros... Uma maravilha!!

Beijos, Chuchu!!

A Publicitária said...

Ela é tuuudo, sabe tuudo, gente fina, adoro!