Wednesday, September 9, 2009

With your feet in the air and your head on the ground


♪With your feet in the air and your head on the ground
Try this trick and spin it, yeah
Your head will collapse
But theres nothing in it
And youll ask yourself ♪

♪Where is my mind?
Where is my mind?
Where is my mind?♪


...

Às vezes eu me pergunto se quando eu tinha uns 15 ou 17 anos eu imaginava que a minha vida seria assim quando chegasse aos 25.. E sinceramente? Não lembro.

Sei que quando era adolescente me imaginava linda e loira aos 22, 23..mas não me recordo de ter feito um planejamento mental sobre a minha imagem depois disso...

Sei que tenho na minha mente a figura que quero ser aos 35 e aos 45, claro e nítido, sei exatamente como quero que seja o meu cabelo, o meu corpo, a minha vida profissional... Mas e os 25?


Os 25 estão passando.. estão passando como o ano mais produtivo e animado até o momento.

Sem amores reais mas com muitas paixões desmedidas, dessas que não duram mais de 1 fim de semana ou de uns 2 meses no máximo. Com descobertas sobre mim mesma, sobre o meu potencial, sobre as minhas aptidões, sobre as verdadeiras amizades...


Eu tenho padrões comportamentais extremamente claros e óbvios. Quem me conhece de verdade (leia-se aqui umas 5 pessoas no máximo) sabe exatamente como eu irei agir em certas ocasiões e que tipo de pessoa vai me despertar algo, seja pro bem ou pro mal.


Mas afinal de contas, esse post era pra quê mesmo?



Era pra dizer que de tudo que eu sempre imaginei, planejei, cogitei e esquematizei pra mim, o melhor tem sido o imprevisível, o inesperado e acima de tudo: o transitório.

7 comments:

Renata said...

E seria tão sem graça se pudessemos prever como tudo seria exatamente, né?? O legal da vida é justamente o inesperado!!!
Saudades de vc. beijoca, Re

Lela said...

Eu passei pela mesma coisa aos 25!
-
Olha, eu te entendo, desde a adolescência tenho fases de querer ser vegetariana mas nunca consigo. Minha família nem é "carnívora exemplar", mas toda comemoração se resume a churrasco e eu não resisto!

Cinthya Rachel said...

filha, espera chegar os 28, 29. é de pirar o cabeção! ueba que vc vem pra ca. ainda nao sei se estarei aqui, mas se estiver, ha! vc nao me escapa! beijo

Andréa said...

Não fique prevendo tudo,aproveite!
Vc está num dos momentos mais lindos da vida,jovem,bonita,livre,isso é fantástico.
Qto ao feriado,ainda não sei,mas farei o possível para te ver se vc vier.
Beijos cheios de saudade.

Drunken Alina said...

Porque a vida é transitória,cheia de novidades incessantes!
tudo de bom que não imaginamos chega nos deliciando!

Beijossss!!!!

Raphael said...

ESQUECE ESSA MERDA DE SER LOIRA!

Maíra Brito said...

viver com o transitório é uma arte!
aproveite bem essa fase!
bjossss